Conheça o Projeto Social Parceiros da Vida – Capoterapia

 

APRESENTAÇÃO
Projeto Social Parceiros da Vida

1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS SOBRE O PROJETO
1.1 Por que “PARCEIROS DA VIDA”?
Em primeiro lugar: O termo Parceiro vem do latim partiariu e o termo vida também do latim vita, ambas com significados bem fortes, o termo parceiro está ligado a uma reunião de pessoas que atuam com determinado interesse, enquanto o termo vida expressa algo divino um dom que Deus concede ao Homem.
Em segundo Lugar: As pessoas estão em constante aprendizado: intelectual, espiritual, social e físico. E o que se aprende deve se colocar em pratica, tendo em vista que este é o objetivo primordial do aprendizado.
Em terceiro Lugar: O PROJETO SOCIAL PARCEIROS DA VIDA está inserido neste contexto, haja vista a Facção do Bem Capoterapia ter esse compromisso com a responsabilidade social como uma de suas prioridades, assistindo os adultos e idosos da comunidade da Grande Pedra Mole e povoados Adjacentes, com a faixa etária a parti de 35 anos de Idade.

2. INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE O “PROJETO SOCIAL PARCEIROS DA VIDA”
2.1 Responsável:
– Facção do Bem Capoterapia;
2.2 Missão
– Alcançar adultos e Idosos que não tem condições de frequentar uma academia para obter uma saúde através de musculações, e assim motivá-las a pratica de atividades físicas, intelectuais e espirituais através da capoterapia.

2.3 Visão:
– Levar qualidade de vida aos adultos e idosos através da Capoterapia com passeios, oficinas e atividades físicas lúdicas, onde os mesmos possam sentir-se abraçados pelo projeto sem custo financeiro.
2.4 Cenário:
– Ser um grupo reconhecido pela comunidade, que o veja como preocupado com os adultos e idosos no seu todo, onde seus componentes sejam idôneos, de boa reputação, capacitados, cooperantes e bem disciplinados.
2.5 Propósito:
Aplicar atividades que compreendam as seguintes áreas:
– Educação: Estimular aos participantes a leitura e ao aprendizado.
– Saúde: desenvolver palestras e atendimentos médicos através de parcerias feitas por profissionais da área.
– Social e Físico: Promover a interação dos participantes através da Capoterapia, com realização de eventos como passeios, lazer, festas comemorativas e atividades lúdicas.
2.6 Endereço do Projeto
– Sede: Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Pe. Humberto Pietrogrande (Antigo NAI) – Rua Salitre, 7286, Bairro Cidade Jardim, Teresina, Piauí.
Observação: O espaço é apenas cedido, sem vinculo com qualquer instituição privada ou pública;
2.7 Inicio do Projeto:
– Dia 04 de Outubro de 2016.
2.8 Dias do Funcionamento:
– Terça-feira, Quarta-feira e Quinta-feira das 17h:00min às 18h:00min.
2.9 Integrantes do Projeto:
– Coordenadoras: Lidia Carneiro Moreira e Silva, professora e Capoterapeuta, casada, residente no bairro Pedra Mole / Yanara Kelly Lira da Costa, estudante e capoterapeuta, solteira, residente no Povoado Cacimba Velha.
– Auxiliares: Edson Alves dos Santos, professor e Capoterapeuta, casado, residente no bairro Pedra Mole / Elton Ricardo Dionísio dos Anjos: Eletrotécnico e Capoterapeuta, casado, residente no bairro Cidade Jardim / Yan Kaio Lira da Costa, Topógrafo e capoterapeuta, solteiro, residente no Povoado Cacimba Velha. / Thiago dos Anjos Rosa, estudante e capoterapeuta, solteiro, residente no Povoado Cacimba Velha.

3. JUSTIFICATIVA PARA O FUNCIONAMENTO DO PROJETO
Existem muitos adultos e idosos que se encontram com problema de depressão dentre outras doenças provocadas pelo sedentarismo, devido sua condição física ou até mesmo que não tem condições financeiras para frequentar uma academia de musculação ou muitas vezes acabam por serem consumidas pelos afazeres domésticos ou empregatícios. A sociedade muitas vezes rejeita essas pessoas que segundo eles, “não atendem a seus critérios”.
Nos lares desses adultos e idosos muitas vezes há a desvalorização por parte dos próprios familiares. Fazendo com que os mesmos desejem se isolar do mundo provocando assim uma “morte espiritual”,
Acreditamos ser possível fazer algo mais contundente na região que proporcione a esse publico e familiares um desenvolvimento mais saudável, e para tanto o grupo Facção do Bem Capoterapia se propõe a fazer através do Projeto Social Parceiros da Vida.

4. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
4.1 Objetivo Geral
– Incentivar Adultos e Idosos da comunidade e adjacências a buscarem qualidade de vida através das atividades desenvolvidas dentro do projeto.
4.2 Objetivos Específicos:
– Cadastrar todos os adultos e idosos que desejam participar do projeto atendendo assim a comunidade.
– Despertar neles a vontade da pratica de atividades físicas, intelectuais e sociais.
– Conseguir com que os adultos e idosos se desenvolvam intelectual, físico, social e espiritualmente, provocando assim uma autoestima mais elevada.

5 RECURSOS:
5.1 Humanos:
– Capoterapeutas, Fisioterapeutas, Nutricionistas
5.2 Materiais:
– Colchonetes, camisas para fardamentos, Fitas crepes, Massageador elétricos, Bolsa com gelo, Creme para massagear, bola para fisioterapia, rolos de espuma e travesseiros, manta térmica, Halteres (1 kg, 2 kg e 3 kg).
5.3 Técnicos:
– Sala para realização das atividades, Cartazes, retroprojetor, som, etc.

6 CONSIDERAÇÕES FINAIS
Este projeto seguirá as normas e regulamentos da Associação Brasileira de Capoterapia no que diz respeito à política voltada para Assistência Social, onde prezaremos sempre pelo bem-estar dos mesmos e relacionamento amplo não só com eles, mas com seus familiares, objetivando criar laços de confiabilidade e respeito.

Coordenadoras:
Lídia Carneiro Moreira e Silva
Yanara Kelly Lira da Costa